quarta-feira, 12 de outubro de 2011

PPL: 40 anos atrasado.

O Partido Pátria Livre nasce anacrônico. 40 anos após deporem as armas alguns dos ex-integrantes do MR-8, movimento revolucionáio 08 de Outubro, de inspiração guevarista, isso mesmo, aquele Che Guevara que virou icone da esquerda, que até o vereador Tubarão usa na camiseta, agora pretendem completar a independencia do Brasil.

O Partido já declarou-se da base aliada a presidenta, logo não será tão esquerdão assim, até porque nao existe mais essa divisão esquerda x direita em nosso país.

O nome "Pátria Livre" vem da intenção do grupo de "libertar a nação dos interesses do capital financeiro internacional", que consideram ser o principal entrave para acabar com a miséria no Brasil. Isso em pleno século XXI é de um retrocesso fenomenal.

Brigar contra o capitalismo sem nenhum modelo socialista ter dado certo? Nossa isso é ultrapassado. Sei que o socialismo nao deu certo, sei também que o capitalismo nao resolveu os problemas sociais, mas retroceder a luta armada, retroceder a discurssos leninistas, retroceder ao radicalismo é de um anacronismo critante.

Tentará este partido recuperar os ideias da esquerda revolucionária? Tentará este partido a implantação de manifestações violentas? Teremos por essas bandas uma guerrilha do caraparu? Tentará esse partido recuperar o brilho da estrela que se perdeu?

Quando que essa esquerda saudosista de uma época muito mais romantica que construtiva vai amadurecer; Quando será capaz de ver que a sociedade mudou, que o mundo mudou, e apenas suas ideologias radicais, ultrapassadas e capengas nao encontrarao mais lugar em nossa sociedade?


Se for tentar...já começou mal.Muito mal. Com 40 anos de atraso e com aliados contraditórios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário