quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Eleições 2014 - Só no Brasil.


Famosos que não se elegeram..

Ex-BBBs, Kid Bengala, Kajuru, Marcos Pontes (astronauta), Leila do Volei, Ademir da Guia, Leandro do KLB, Marcelino Carioca, Marquito, Mulher Pêra, 

No Pará: bem...Bruno e Trio...foi o mais famoso que consigo lembrar.

MAS COMO NEM TUDO SÃO FLORES...

TIRIRICA, O PALHAÇO se reelegeu...e com votos suficientes para levar com ele mais dois deputados.

BOLSONARO - Conseguiu quase meio milhão de votos....e vai levar mais um colega com ele.


PAULO ROCHA - Aquele mesmo que renunciou ao mandato de deputado federal e que foi absolvido do processo do mensalão....vai ser o senador do Pará.


CORREIOS PARA QUEM?

O Procurador da Republica Frederick Lustosa de Mello deu prazo de 30 dias para que a presidente Dilma Rousseff dê explicações sobre denúncia de uso político dos correios em benefício de sua campanha a reeleição.


IMPRENSA DENUNCIANTE...
O pedido de apuração se baseou em reportagens do jornal O Estado de S. Paulo que revelaram uma "exceção" aberta pelos Correios para entregar 4,8 milhões de panfletos da candidata sem chancela ou estampa digital.

TALVEZ POR ISSO...

Talvez por isso que não sai da cabeça de alguns governistas a lei da mordaça que visa censurar a imprensa.

Eleições 2014 - Pará;

Só no Pará.

Gente não eleita....que se achava

Gostei de saber que alguns candidatos não se elegeram como achavam que seria fácil. Entre eles posso citar um que pousava como paladino da justiça e foi vitimas de suas crias: Joaquim Campos que criou os policiais midiáticos: Éder Mauro e Coronel Neil.

Hum...seu discurso não colou.

Duciomar....

Está fora da política pelo menos pelos próximos anos..

Alguns considerados velha guarda da política também estão fora: 

Como Gerson Peres, Giovanni Queiroz, Ademir Andrade....

Estrelas da Estrela...

Como o presidente do PT no Estado Milton Zimmer não conseguiu a sonhada cadeira na câmara federal, e a outra estrela - agora decadente - terá que desocupar a cadeira de Deputado Federal: Claudio Puty.

Careta para CAREPA.
O povo não deu atenção para a ex-governadora Ana Júlia Carepa - que não conseguiu um mandato, ficando mais alguns anos fora,
O que surpreende é que a ex-governadora não conseguiu nem ao menos 59 mil votos. 

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Aconteceu nas eleições 2014


Dito....

Marina Caiu. Não conseguiu manter-se na disparada que iniciou com a morte de Eduardo Campos. Agora pode ser o fiel da balança e tende a apoiar a "onda da mudança" e estará do lado do candidato tucano no segundo turno.


Mal feito...

Foi feio ver certos "Cabos eleitorais" durante a madrugada jogando santinhos dos seus candidatos próximo as seções eleitorais. Além de sujar a cidade é algo extremamente anti-democrático.


Selfie nas urnas...

O abuso do uso de celular é cada vez mais variado. Mas tirar foto/fazer um selfie na urna é uma novidade que só existe no Brasil, creio eu.


Candidatos Eleitos e Não eleitos....

É sempre bom lembrar que se faz necessário despoluir nosso ambiente dos cartazes, banners e cavaletes.

Segundo Turno

O Segundo turno que acontecerá em 13 Estados e no DF promete muitas emoções. Agora que o tempo de TV é igual para os dois candidatos, seja a governador ou a presidente.


Segundo Turno II

No Pará a disputa é acirrada.
Aguardemos as próximas edições deste conflito.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

MARINA, UM CORPO QUE CAI.


As eleições se aproximando e a candidata Marina Silva começa a perceber que seu desempenho na corrida eleitoral pode ser comparado como uma luz de flash fotográfico: brilha mais não dura.

A candidata que já chegou a pontuar 33 pontos das intenções de voto na pesquisa IBOPE no início de setembro, agora, é opção de apenas 25% dos eleitores no primeiro turno, segundo os dados divulgados ontem. Na sondagem do Datafolha, Marina está 15 pontos atrás de Dilma. 

Como todos sabem Marina passou por vários momentos desde a pré-campanha: não conseguiu registrar seu partido (rede sustentabilidade), teve que aceitar ser vice na chapa de Eduardo campos, ascendeu graças a cobertura midiática da morte de Eduardo Campos, mudou diversas vezes de opinião durante a campanha...

Claro que nada pode ser dado como definitivo. Mas é notório que os eleitores estão avaliando com mais clareza em quem votar nesta reta final, e aliado a sua falta de propostas consistentes, inexperiência administrativa, tempo de tv e claro aos ataque que sofreu por parte de Dilma a candidata está correndo risco de não ir para o segundo turno.


Aécio e o Brasil torcem por isso.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Só nestas terras...tupiniquins....


SÓ NO BRASIL...

Dilma quer vermelho nas florestas.
*Essa ocorreu na Sede das Nações Unidas em Nova York.
Reduzir pela metade o desmatamento até 2020 e zerá-lo até 2030: este foi o compromisso que o Brasil se recusou a assumir durante a Cúpula do Clima que aconteceu nesta terça (23) na sede da ONU em Nova York.
A candidata da floresta reagiu....
A Candidata Marina Silva declarou sobre o fato: “A atitude do Brasil compromete não só a proteção das florestas... Mas principalmente o futuro da agricultura brasileira, pois as chuvas do sul e do sudeste são produzidas pela Amazônia".

Dilma Contra atacou...Dilma por sua vez contra atacou: “A atuação de Marina à frente do Ministério do Meio Ambiente: Marina saiu do governo em maio de 2008 e estavam os quilômetros quadrados em 12.911. Se você pegar o ano anterior, estava em 11 mil (km²). Hoje, estamos em 5.891 km², afirmou”
Senado (Vergonha) Nacional
13, 5 % ou 11 dos 81 senadores foram delatados pelo Ex-diretor da Petrobras, todos exercem mandato.

Nomes já conhecidos...
já vazaram os nomes de Delcidio Amaral (PT – MS) e Renan Calheiros (PMDB- AL)

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

SEMTRANS - SIP Promove Semana Nacional de Trânsito.


A Semana Nacional de Trânsito é "... comemorada anualmente no período compreendido entre 18 e 25 de setembro" conforme artigo 326 do CTB. 

Todos os Órgãos ou Entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito participam das atividades dessa semana.

Este ano o tema é  
O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou o tema da Semana Nacional de Trânsito do ano de 2014: “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre”. 

A escolha do tema faz alusão, em princípio, ao artigo 29, XII, § 2º do Código de Trânsito Brasileiro, segundo o qual: “Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres”,

Em Santa Izabel do Pará, a Semana Nacional de Trânsito é coordenada pela Diretoria de Trânsito Municipal.

A abertura oficial aconteceu na Escola Antonio Lemos, com a presença da Escola Infantil Mundo Mágico.




Veja a programação para este fim de Semana.



segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Só no Brasil....no Pará....e em SAMZABEL.

SÓ NO BRASIL.

1. As eleições presidenciais possuem uma candidata exótica como Marina Silva. Aliás isso já aconteceu antes com Jânio Quadros e Fernando Collor e todo mundo sabe no que deu.

2. Mas Só no Brasil, decididamente, você nunca pode dizer que já viu tudo.

3. Só no Brasil temos: Irmão, Pastor, Professor, Doutor, Sargento....como nomes de candidato tentando vaga no dia 05 de Outubro.

4. Aliás o TSE Registrou um Boom de número de candidatos que usam "Pastor" no nome. Outras categorias como: 617 dizem representar a educação, 
                         799 intitulam-se "Doutor".
O interessante é o crescimento do números de palhaços que saltou de 2 em 2010 para 06 em 2014. Destes números eu desconfio, acredito que tem muito mais escondendo a profissão.


SÓ NO PARÁ.

1. Temos um candidato a governador, filho de um ex-governador, que esconde o sobrenome famoso do pai. Por que?

2. Só no Pará temos o círio de Nazaré no mês de Outubro. E o que já tem de candidato fazendo promessa para nazica....promessas que pedem ajuda para se eleger, ou para conseguir pagar as dividas da campanha caso contrário.

3. Só no Pará temos dois  CARIMBÓS, um como Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil, e o outro que promete mudar a vida das pessoas com prêmios de sete mil reais (Carimbó da Sorte);


SÓ EM SAMZABEL.

1. Um jornal local (impresso) comete a gafe de publicar a foto de um cidadão fazendo manobras perigosas (empinando) um moto sem nenhum equipamento de segurança.

2. Alguns ingratos tem a liberdade de cuspir no prato que comem.

3. A vida segue banhada pelas águas do Caraparu....filmadas e retratadas pelos incentivadores da cultura local. Parabéns aos Expedicionários do CARAPARU.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Quem merece ser reeleger?




Você sabe em quem votou para deputado 04 anos atras?
Você sabe o que ele fez nos quatro anos de mandato?
Você votará nele novamente?

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Professor Luiz santos como você definiria o cenário politico brasileiro nessas eleições para presidente e governo do estado ?

Professor Luiz santos como você definiria o cenário politico brasileiro nessas eleições para presidente e governo do estado *? 

*Pergunta enviada por um aluno.
A campanha eleitoral para presidente começou com uma terceira opção apresentada aos eleitores. Diferente das campanhas anteriores, sempre direcionadas pelo candidato da situação (poder) e apenas um candidato da oposição com força para disputar, nestas eleições além da candidatura de Dilma e Aécio, temos o efeito Eduardo/Marina que juntava um grande governador (Pernambuco) e uma candidata da sustentabilidade que obteve 20 milhões de votos na ultima eleição presidencial. Este era o cenário inicial.

Com a fatídica queda do avião de Eduardo Campos que causou, além de sua morte, uma comoção nacional e acima de tudo causou uma super exposição da candidata a vice em sua chapa: MARINA SILVA. A candidata ganhou espaço gratuito e constante na mídia, fez pose pra foto sob o caixão do candidato morto, assumiu o discurso do finado e tornou-se um fenômeno de crescimento nas pesquisas.

Aécio Neves, pelo que demonstram as pesquisas, perdeu espaço e a campanha polarizou-se novamente, só que agora Dilma e Marina encabeçam a luta pelo poder, sendo que algumas pesquisas chegam a afirmar que Marina pode ganhar já no primeiro turno, e se caso não ocorra, sua vitória no segundo turno é certa. Não se podendo dar 100% de credibilidade as pesquisas devido a sua margem de erro e outros fatores, mas pelo menos é isso que temos.

Um outro fator que surge e que pode mudar o rumo das eleições é o novo escândalo na Petrobras, batizado de “Propinoduto” envolvendo Ministros, governadores,Senadores, Deputados e Assessores do governo ou de sua base aliada e a denúncia também atinge o ex-candidato a presidente e agora finado Eduardo Campos, acusado de receber propina dos contratos da Petrobras o que respinga petróleo no discurso sustentável de Marina Silva.

A presidente Dilma fala de combate a corrupção em seu programa eleitoral mas não entra em detalhes, talvez para não expor ainda mais seus aliados.

Aécio Neves aproveita-se deste momento para afirmar seu discurso oposicionista.

Marina Silva nega as acusações, talvez lembrando do que aprendeu quando era petista: negar, negar, negar sempre, até convencer a si próprio que o errado virou certo.

Vamos ficar de olho nas cenas dos próximos capítulos..

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Propaganda....irregular.


A Procuradoria Eleitoral do Ministério Público Federal (MPF) do Pará quer proibir a utilização de cavaletes na campanha política das eleições 2014. Por meio do procurador da república Alan Mansur, foi feito um pedido para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PA) para que essas placas sejam retiradas dos canteiros de vias públicas em Belém.
Os cavaletes poluem o visual nos canteiros das principais avenidas da capital, escolhidas como os principais alvos dos candidatos. "Se entende que se equipara a jardins, então estariam irregulares. Nesse ponto, a Justiça ainda vai se pronunciar", declarou Mansur.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Petrobras é o símbolo do governo petista.


PETROBRAS E ESCANDALOS.
Especialista em encontrar petróleo em aguas profundas e super-especialistas em protagonizar escândalos em aguas rasas da politica a Petrobras está na mídia mais uma vez com um escândalo bilionário.
O Ex-presidente LULA...Calado novamente.
Figurinha comum no horário eleitoral pedindo votos para seus “cumpanheros” o ex-presidente Lula mais uma vez mantém seu voto de silencio sobre os escândalos que envolvem seus “companheiros”.  A postura dele é recusar-se a falar sobre os escândalos de seu governo. Será que vai negar a existência assim como fez com o mensalão?


corrupção simultânea..
O propinoduto na Petrobras ocorreu entre 2004 e 2012, ou seja, nos governos de Lula e Dilma, segundo revelou o ex-diretor Paulo Roberto Costa. Isso significa que enquanto Lula jurava que “não sabia” e os petistas insistiam que o mensalão era invenção da “imprensa golpista”, outro mensalão era alimentado por 3% do valor dos contratos da Petrobras, e o dinheiro roubado repassado aos políticos aliados do PT.

COMO A SIM PRESIDENTA.
Em entrevista coletiva Dilma Roussef afirma que o escândalo da Petrobras não atinge o governo.
Será? Dilma foi presidente do conselho da Petrobras por oito anos, nomeou seus diretores e o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), sua campanha é paga com dinheiro arrecadado pelo tesoureiro do PT, João Vaccari, e o os aliados recebiam propina. Mas ela diz que “não atinge o governo”.

Quando Obama espionou a Petrobras, para escândalo de Dilma, ele não estava de olho nas nossas riquezas, mas nas safadezas.

ENQUANTO ISSO NA NOSSA REPUBLICA...

...A questão que impera é saber: QUEM É O PAI DA CRIANÇA ? Que ainda não nasceu....

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Quem assiste o horário eleitoral...

De 19 de agosto até 2 de Outubro, em duas edições diárias, o horário eleitoral gratuito estará no ar, Rádio e TV.
Este horário gratuito para os candidatos mas parece que é um peso para os milhões de brasileiros. Goste ou não, pagaremos a conta.
A explicação é simples: como vivemos numa democracia – e a eleição é a melhor forma de exercê-la, pelo voto –, todos são obrigados a pagar por ela.
Em outras palavras, a democracia custa caro, mesmo em se tratando de uma democracia à brasileira que está longe de assegurar, na prática, o que promete no papel.
Por enquanto, falamos no horário eleitoral gratuito que é apenas um dos ingredientes da salada eleitoral. Mas um processo eleitoral envolve mil e uma demandas, doações pros candidatos, mimos e agrados pros senhores e senhoras, e muita logística para que tudo saia a contento.
Em resumo: uma campanha eleitoral é bilionária, e se repete a cada dois anos. 
E o pior dessa história é ter que aturar o maldito horário eleitoral, que se repete de segunda a sábado, de dia e de noite, pelos próximos dois meses. No qual os candidatos vão expor o que bem entenderem e prometer o que jamais vão cumprir. Um nome adequado para isso seria circo eleitoral.
A boa notícia é que o eleitor, do lado de cá, poderá a qualquer momento simplesmente desligar o aparelho de TV ou rádio. E mandar o político espertalhão ir berrar no deserto.
Como o voto aqui é obrigatório e facultativo, e, o cidadão terá que se dirigir no dia 5 de outubro a uma urna (que fica numa zona eleitoral) e votar nos candidatos da sua preferência. Estando fora do seu domicílio, terá que justificar. Do contrário, será multado pela Justiça Eleitoral.
Claro que alguns vão dizer que é preciso assistir, insistir e resistir para poder conhecer os planos, propostas e projetos dos candidatos. Será que dá para conhecer tudo isso no tempo reservado no horário eleitoral?


Enquanto isso na vida real...

No Brasil que não aparece na TV e quando raramente se mostra é uma verdade tão maquiada, tão fictícia (como de fato é) , o problema é que ainda temos que aprender a ver esta história não como verdade absoluta. 
Pois quando faz campanha de quando raramente se mostra, é uma verdade tão maquiada que não parece que é a verdadeira imagem.
Os programas da candidata oficial dela mesma mostra em seu programa eleitoral uma realidade que só existe no dia a dia dos seus marqueteiros, no mundo fantasioso que tentam iludir a população.

Como dizer que a segurança está perfeita se quase não dá pra ouvir o horário eleitoral devido ao barulho de tiroteio.
Como dizer que a miséria está sendo combatida se as casas gradeadas ainda assim são desprotegidas.



sábado, 7 de junho de 2014

PT x DEM e PMDB: Aliança eleitoreira junta adversários ferrenhos.

Maia, Helder e Everaldo


PMDB, PT e DEM confirmam a candidatura de Helder Barbalho (PMDB) a governador do Pará. Filho de Jader Barbalho, Helder conseguiu, com a ajuda do pai, montar uma chapa inusitada. 

Além do PMDB, a chapa de Helder conta com o PT, que 
lançará a senador Paulo Rocha, petista absolvido no julgamento do mensalão.

 O  candidato a vice-governador será o deputado democrata Lira Maia. 

Sempre bom lembrar que PT e DEM são ferrenhos adversários no plano federal. O neo-governista Pros indicará o primeiro suplente de senador. O nome ainda não foi definido.


Helder Barbalho mostra que aprendeu direitinho com seu pai;  Bom de lábia e de bico, filho de Jader conseguiu juntar PT e DEM em sua chapa

Petistas históricos, principalmente de Santarém (oeste do Pará) e de outros municípios do Pará já se mostraram ferrenha contra a aliança e ameaçam desfiliar-se ou não atuar na campanha.

Lira Maia na chapa do PMDB, perde Helder, perde o PT, perde o PDT, perdem todos da aliança. 

Com isso, talvez o Jovem Barbalho vai aprender que o povo está atento as alianças puramente eleitoreiras.



quinta-feira, 15 de maio de 2014

O populismo do PT é ruim para o Brasil.


Os países onde o populismo se fez presente, principalmente na América Latina, nos deixou como lição o seguinte: O populismo essencialmente é imediatista

Oferecendo vantagens para as classes mais carentes, o que se por um lado tem garantido sucesso eleitoral, por outro lado sacrifica tudo aquilo como infraestrutura cujos resultados não são visíveis no curto prazo. 
O populismo tem ainda a danosa característica de  fazer promessas para o futuro que nem pode e nem pretende cumprir. 

O problema do populismo do PT são os seus métodos, eles possuem uma relação perfeita entre o público e o privado, mas grande parte de suas despesas vão para programas sociais sem grandes resultados a longo prazo, o bolsa família, bolsa alimentação e outras pensões que favorecem a classe mais pobre, que conta com aquele dinheiro todo fim do mês. Não sou contra politicas de assistencia social, sou contra o assistencialismo político, pois da forma como fazem o objetivo do governo atual é criar uma dependência(Já instalada), já que por contar com esse dinheiro, eles retrocederiam socialmente caso os programas acabassem. 


Como diz o ditado, é preciso ensinar a pescar e não dar o peixe, investimentos em infra-estrutura, educação e auto-suficiência das regiões mais pobre são saídas claras para o aumento da qualidade de vida de toda a população brasileira. O nordeste Brasileiro é muito rico em recursos naturais, e possuem uma posição geográfica vantajosa, mas isso não é estimulado nem trabalhado. O que eles fazem é divulgar a necessidade da necessidade. 


Pousam como aquela máxima getulista: "Pai dos Pobres', na verdade, são as "Mães dos ricos" pois enquanto escondem a miséria atrás do cartão de benefícios, geram cada vez mais riquezas para banqueiros, empresários e seus políticos profissionais do fisiologismo, que em nome das beneficies dos cargos públicos defendem um modelo socialmente reprovável.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Olímpiadas Especiais


Há alguns anos, nas Olimpíadas Especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental ou física, alinharam-se para o início da corrida dos 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.
Todos, com exceção de um garoto, que tropeçou no asfalto, caiu rolando e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então eles viraram e voltaram. Todos eles.
Uma das meninas, com Síndrome de Down, ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse: "Pronto, agora vai sarar". E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada.
O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos. E as pessoas que estavam ali, naquele dia, continuam repetindo essa história até hoje.
Mais do que ganhar sozinho, é importante a vitória dos que estão a nossa volta.
Sempre tive o Sucesso como inspiração para que eu vença na vida e nos negócios. Mas sempre coloco, acima de tudo, que as pessoas que estão comigo vençam junto, mesmo que isso signifique diminuir o passo ou mudar de curso.
Às vezes, nosso ímpeto em vencer impede que olhemos para nossos colegas que precisam de nossa ajuda, que precisam ser motivados a enriquecer suas habilidades.
Mas cuidado: isso não quer dizer que você deva dar as mãos às pessoas que te puxam para trás!

sábado, 22 de março de 2014

Politica Assistencialista.


A política assistencialista, parte do princípio de se tirar proveito da miséria alheia e desta forma pousar-se como herói incontestável. É quando o político ciente da condição precária ou da má qualidade de vida do cidadão, lhe oferece um alívio momentâneo que refresque por tempo limitado a situação deplorável em que vive este determinado cidadão.

A fome por exemplo, só quem passou por ela é capaz de saber sua real crueza, sua verdadeira voracidade, e quando aparece alguém ofertando um prato de comida, o faminto tem por este alguém, uma infinita e leal gratidão.

É a vida de gado de um povo que mesmo marcado ainda consegue esboçar sinais de felicidade. A política assistencialista é formada por políticos muitas vezes inescrupulosos que se escondem por trás de uma suposta boa ação para desta forma tirar proveito próprio.

É saber jogar sujo, e aos olhos das vítimas parecer limpo, é aprontar e ser respeitado ou defendido pelo povo. Não importando suas ações, o político que pratica o assistencialismo está isento de críticas pois se encontra protegido pelo escudo blindado do rouba mas faz.

É na ausência de dignidade social que se prolifera o assistencialismo, é na condição desconfortável do pobre que o político lhe rouba a consciência, é em sua saúde frágil, na escassez de seu dinheiro que o pobre sente pelo político uma enorme gratidão e quando não, uma paixão idolatrada.

A política assistencialista está longe de ser uma política socialista, a primeira é ilusória, enganadora, parece boa mas é egoísta, pois serve especialmente para promover políticos onde estes perpetuam-se no poder, a política assistencialista não combate a miséria não lhe é interessante este combate. A política socialista, prima pela melhor distribuição de renda, visa oportunidades onde o pobre possa ser capaz de suprir suas necessidades com condições básicas de dignidade.

Não é interessante o fim da miséria para o político assistencialista, pois a miséria do cidadão condiciona o político permanecer no poder como cordeirinhos quando na verdade são lobos devoradores.

Se não houver meios de se fazer uma política limpa, onde os princípios de dignidade seja para todos os cidadãos viveremos presos às vontades das classes dominantes que não se mobilizam para o fim da miséria instalada neste país e também nesta América.

É preciso livrar-nos desta pratica e termos a consciência de que o assistencialismo como promoção eleitoreira é um terrível tumor que deve ser arrancado das entranhas da política e da consciência do eleitorado.

É no entanto dar ao homem, não unicamente o peixe, mas proporcionar condições para que este mesmo homem pesque com autonomia, sem subordinação. A política justa, parte do princípio onde as pessoas não tenham que viver de esmolas, mas que tenham condições auto-suficientes para suprir o mínimo de suas necessidades.

É claro que percebendo o nível de esclarecimentos de alguns esta politica assistencialista se transveste, muitas vezes, de um "ensinar a pescar" quando vemos alguns assistencialistas profissionais apresentando propostas disfarçadas de investimento social.

Atuam estes assistencialista por pura incompetência de resolver o problema de forma determinante e definitiva.
Abaixo a política assistencialista com sua hipocrisia podre e egoísta, política insana que sobrevive da famigerada miséria de seu povo.

quarta-feira, 12 de março de 2014

Sessão Câmara Municipal - 11 de Março de 2014


As pessoas que a gente sempre vê...

Na câmara municipal estavam lá presentes, não vou citar os nomes, mas todos conhecem. Os cidadãos interessados em entender, acompanhar e fiscalizar o trabalho dos vereadores...

...e pessoas que não foram vistas.

Muitas cadeiras ainda estão vazias. Nosso povo precisa participar mais das sessões da câmara. O plenário estava vazio...assim como a cadeira de três vereadores que não estavam na sessão.


sessão itinerante

Com o intuito de aumentar a participação popular a câmara realiza sessões itinerantes nos bairros e na comunidade. As próximas serão na comunidade Ferreira Pena e no Bairro Jardim das Acácias.

Leitura Bíblica.

Uma das novidades neste novo ano na câmara é a leitura de uma passagem bíblica: "Tu Senhor, Guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia" Isaías 26:3

Propostas que podem dar o que falar.
  • Criação do Distrito de Tacajós.
  • Criação de um Polo Industrial em Santa Izabel do Pará.
  • Lançamento do Bloco TOROTOTÓ ELÉTRICO - não é criado por lei, é uma proposta do nosso vereador Totó para o carnaval do ano que vem.

E por falar em carnaval...

Muito elogiado pelos vereadores a organização do carnaval por parte da prefeitura. Certo vereador chegou a afirmar que "AGORA PODEMOS DIZER QUE TEMOS CARNAVAL. POIS ANTES NÃO TÍNHAMOS.

...DIGNO DE NOTA

O vereador autor desta frase era um expoente da gestão anterior. Quando até a oposição elogia....é por que esta excelente o negocio.

Frase mal dita:
"Ela é uma pessoa humilde, mas é minha amiga". Vereador agradecendo a visita de uma "pessoa humilde" a sessão da câmara.



quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

O PT foi contra o PLANO REAL.


Como todo mundo sabe, o partido não ficou só na retórica: votou contra a MP do Real no dia 29 de junho de 1995. Foi além. Recorreu ao Supremo com uma ADI (Ação Direita de Inconstitucionalidade) contra o plano. E voltou ao tribunal para tentar derrubar a Lei de Responsabilidade Fiscal. Abaixo, um pouco do que disseram alguns patriotas.

video


Veja o que eles disseram do plano real:
Lula
“Esse plano de estabilização não tem nenhuma novidade em relação aos anteriores. Suas medidas refletem as orientações do FMI (…) O fato é que os trabalhadores terão perdas salariais de no mínimo 30%. Ainda não há clima, hoje, para uma greve geral, mas, quando os trabalhadores perceberem que estão perdendo com o plano, aí sim haverá condições” (O Estado de S. Paulo, 15.1.1994).
“O Plano Real tem cheiro de estelionato eleitoral” (O Estado de S. Paulo, 6.7.1994).
Guido Mantega
“Existem alternativas mais eficientes de combate à inflação (…) É fácil perceber por que essa estratégia neoliberal de controle da inflação, além de ser burra e ineficiente, é socialmente perversa” (Folha de S. Paulo, 16. 8.1994).
Marco Aurélio Garcia
“O Plano Real é como um “relógio Rolex, destes que se compra no Paraguai e têm corda para um dia só (…) a corda poderá durar até o dia 3 de outubro, data do primeiro turno das eleições, ou talvez, se houver segundo turno, até novembro” (O Estado de S. Paulo, 7.7.1994).
Gilberto Carvalho
“Não é possível que os brasileiros se deixem enganar por esse golpe viciado que as elites aplicam, na forma de um novo plano econômico” (“O Milagre do Real”, de Neuto Fausto de Conto).
Aloizio Mercadante
“O Plano Real não vai superar a crise do país (…) O PT não aderiu ao plano por profundas discordâncias com a concepção neoliberal que o inspira” (“O Milagre do Real”, de Neuto Fausto de Conto)
Vicentinho, atual líder do PT na Câmara dos Deputados
“O Plano Real só traz mais arrocho salarial e desemprego” (“O Milagre do Real”).
Maria da Conceição Tavares
“O plano real foi feito para os que têm a riqueza do País, especialmente o sistema financeiro” (Jornal da Tarde, 2.3.1994).
Paul Singer
“Haverá inflação em reais, mesmo que o equilíbrio fiscal esteja assegurado, simplesmente porque as disputas distributivas entre setores empresariais, basicamente sobre juros embutidos em preços pagos a prazo, transmitirão pressões inflacionárias da moeda velha à nova” (Jornal do Brasil,  11.3.1994).
“O Plano Real é um arrocho salarial imenso, uma perda sensível do poder aquisitivo de quem vive do próprio trabalho” (Folha de S.Paulo, 24.7.1994).
Gilberto Dimenstein
“O Plano Real não passa de um remendo” (Folha de S.Paulo, 31. 7.1994 ).

Resultados e desdobramentos do Plano Real:
  • Aumento do poder aquisitivo das famílias brasileiras;
  • Modernização do parque industrial brasileiro;
  • Crescimento econômico com geração de empregos
  • Controle da Inflação.

Aécio Neves destaca Real como ação de maior inclusão social do Brasil


Brasília (DF) – O senador Aécio Neves afirmou, nesta terça-feira (25/02), que o Plano Real foi o maior programa de inclusão social do Brasil, ao acabar com a hiperinflação no país. Aécio participou, em Brasília, da sessão solene que lembrou os 20 anos do Plano Real, com a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, lideranças do PSDB e dos presidentes do Senado, senador Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, deputado federal Henrique Eduardo Alves.
Aécio Neves afirmou que o plano que acabou com a inflação no Brasil e trouxe a estabilidade da moeda foi o programa de maior alcance e inclusão social no país ao permitir melhoria na vida de todos os brasileiros.
“Se há um ponto fundamental para essa melhoria da condição de vida da população, melhoria das expectativas do mundo em relação ao Brasil, foi exatamente o Plano Real. Me orgulho muito de estar aqui hoje ao lado do presidente Fernando Henrique, um dos principais construtores dessa extraordinária transição. Celebramos aqui no Congresso Nacional o maior programa de distribuição de renda da história do Brasil. Foi o momento de demonstrarmos que apenas o esforço coletivo permite que Brasil avance. Foi uma bela festa, uma bela homenagem, àquele que foi o mais sólido plano de estabilidade da moeda feito no mundo”, afirmou em seu discurso na tribuna.
Descaso do PT com a inflação
Em entrevista após a sessão, Aécio Neves lamentou a ausência de representantes do governo federal na solenidade de hoje e lembrou que o PT negou apoio ao Plano Real na época em que a população mais sofreu com a hiperinflação e a escalada de preços.
“Em uma celebração tão importante para o trabalhador brasileiro, não termos aqui sequer um representante governista. Não tivesse havido o Plano Real, não tivesse havido a estabilidade da moeda, não teria havido o governo do presidente Lula, com crescimento econômico. Acho que o PT não se fez presente aqui hoje por constrangimento. Constrangimento daqueles que consideraram, lá atrás, o Plano Real um estelionato eleitoral simplesmente porque não atendia aos interesses da sua candidatura presidencial”, disse Aécio Neves.
Em 1994, o Plano Real pôs fim a mais de 10 anos de hiperinflação e de perdas financeiras das famílias. Durante dez anos, a inflação consumia o salário dos trabalhadores. Em abril de 1990, a inflação acumulada em 12 meses chegou a 6.821%. O Plano Real pôs fim ao alto custo de vida e permitiu aos brasileiros dar início a um novo ciclo no país.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

12º BPM Pará tem novo comando em Santa Izabel do Pará

O 12º BPM de Santa Izabel do Pará tem um novo comando: é o Ten Cel Jair dos Santos que assumiu no lugar do Ten Cel Dilson Junior.

Em reunião na comunidade de Caraparu o novo comandante falando para a comunidade que atua de forma operacional e ativa junto a comunidade: "Não sou de ficar em gabinete, gosto de atuar, de conhecer a região e agir juntos com meus comandados".

A comunidade aprovou a postura do Tenente Coronel e colocou-se a disposição para ser parceira da PM em nossa cidade.

A população de nossa cidade, povo ordeiro e receptivo, recebe o novo comando com a expectativa de um trabalho voltado para gerar a segurança que nossos moradores necessitam através de um trabalho integrado entre a gestão municipal, presente na reunião, e os órgãos de segurança. 

SUB-COMANDANTE É IZABELENSE.


 Uma das novidades que nos enche de orgulho é o fato do sub-comandante do 12 BPM ser genuinamente izabelense. Trata-se do Major Rosilan que já atuou em nossa cidade por dez anos e antes de retornar era o comandante da A 9º CIP - Companhia Independente da Polícia Militar - São Miguel do Guamá. É um oficial de carreira sólida e inquestionável na polícia militar de nosso estado e que conhece a realidade do nosso município. O mesmo já chegou mostrando a que veio: tem participado de reuniões com a gestão municipal, interagindo com os demais órgãos e realizando ações em nossa cidade. Seja bem vindo.


Não resta dúvida que a mudança no Comando terá repercussões positivas no que concerne ao patrulhamento ostensivo das vias públicas e no bom relacionamento do policial para com a população que inclusive é um pilar defendido pelo oficial.


terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Revista Época destaca estrutura milionária da campanha de Helder Barbalho


Uma reportagem da revista "Época" dessa semana vem mostrando a estrutura milionária que o ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho, e o deputado estadual Rodrigo Jucá, de Roraima - ambos do PMDB e filhos de pais de políticos que adquiriram grandes patrimônios durante a vida pública, que inclui empresas de rádio e retransmissoras de televisão, têm à disposição para disputar as eleições estaduais deste ano.

Sobre Helder, a matéria cita o programa de uma hora de duração que o peemedebista possui em uma das oito rádios dos Barbalho, que ainda têm quatro retransmissoras de televisão e um jornal, ressaltando que a estreia do peemedebista foi precedida por uma campanha publicitária feita pela rádio e pela RBA, um dos canais de televisão da família Barbalho.

Ele se manterá no rádio até o início da campanha eleitoral. A mesma rádio promove o programa do "Hélder no meu bairro", que oferece serviços de exames médicos simples, dentistas, atendimento jurídico e emissão de documentos, como carteira de trabalho, certidão de nascimento, e até cortes de cabelo.


Além disso, como vice-presidente do PMDB, Hélder tem visitado cidades do interior com a projeto "O que o Pará quer". Nas cidades visitadas, diz "Época", "os prefeitos costumam alugar ônibus para levar cidadãos e formar uma claque".

A reportagem lembra, ainda, que o Ministério Público Federal do Pará acusa o PMDB, cujo presidente é o pai de Helder, o notório senador Jáder Barbalho, de fazer campanha antecipada a favor do ex-prefeito de Ananindeua e pede que o partido perca 47 minutos do seu tempo de propaganda.

Prefeitura - A matéria feita pelo jornalista Leandro Loyola, traz ainda um balanço dos oito anos em que Helder se manteve à frente da segunda maior cidade do Pará. Um dos feitos da gestão do peemedebista foi a inauguração de um conjunto com o nome do pai, Jader Barbalho. "A placa de inauguração foi descerrada pelo próprio homenageado e, para não deixar dúvidas, tinha uma foto de Jader", diz a reportagem.

A matéria fala ainda da obra inacabada de um estádio de futebol e da falta de repasse de R$ 1,8 milhão ao fundo de pensão dos funcionários da prefeitura, o que gerou, inclusive, denúncias do Ministério Público. Hélder também ampliou o número de funcionários contratados sem concurso, parte deles por indicação política. Segundo o IBGE, entre 2009 e 2012 o número de comissionados cresceu 38%, subindo de 2.939 para 4.056 servidores. 

Fonte: Amazônia Jornal

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...