quinta-feira, 2 de outubro de 2014

MARINA, UM CORPO QUE CAI.


As eleições se aproximando e a candidata Marina Silva começa a perceber que seu desempenho na corrida eleitoral pode ser comparado como uma luz de flash fotográfico: brilha mais não dura.

A candidata que já chegou a pontuar 33 pontos das intenções de voto na pesquisa IBOPE no início de setembro, agora, é opção de apenas 25% dos eleitores no primeiro turno, segundo os dados divulgados ontem. Na sondagem do Datafolha, Marina está 15 pontos atrás de Dilma. 

Como todos sabem Marina passou por vários momentos desde a pré-campanha: não conseguiu registrar seu partido (rede sustentabilidade), teve que aceitar ser vice na chapa de Eduardo campos, ascendeu graças a cobertura midiática da morte de Eduardo Campos, mudou diversas vezes de opinião durante a campanha...

Claro que nada pode ser dado como definitivo. Mas é notório que os eleitores estão avaliando com mais clareza em quem votar nesta reta final, e aliado a sua falta de propostas consistentes, inexperiência administrativa, tempo de tv e claro aos ataque que sofreu por parte de Dilma a candidata está correndo risco de não ir para o segundo turno.


Aécio e o Brasil torcem por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...