Postagens

Mostrando postagens de 2015

Nota de agradecimento?

Imagem
Em mais uma tentativa de ressuscitar o finado (politicamente) ex-prefeito certa figura publica não perdeu a oportunidade de agradecer-lhe pelo suposto, invisível, não comprovado e não executado projeto de construção do ginásio de esportes da Escola Doracy Leal executado e inaugurado em tempo recorde pela atual gestão municipal.

Se é para agradecer com foco no passado vamos começar assim: - Agradeço aos ingleses por criarem a maquina a vapor, que trouxe a estrada de ferro Belém Bragança....que passava por estas bandas...que precisava de um posto de abastecimento...que deu origem a nossa cidade. - Agradeço ao Capitão Noé de Carvalho – que quando chegou aqui ainda era cabo – - Agradeço ao Francisco Amâncio, José Amâncio, Mata Bacellar, João Casa Nova, Alderico Miranda – estes sim tem história em nosso município.
Nunca é de mais lembrar as palavras do sábio e simpático vereador Zé Rosa quando a mesma tentativa de ressuscitar o finado ex-prefeito foi usada na câmara municipal por seus cupinchas…

RUMO ÀS ELEIÇÕES 2016, SAIBA O QUE MUDOU NA LEGISLAÇÃO ELEITORAL

Imagem
Numa edição extra do Diário Oficial da União, no final da tarde de terça-feira, 29 de setembro de 2015, o governo publicou a sanção presidencial da reforma política. A publicação da Lei nº 13.165 altera algumas regras na legislação eleitoral. Vale lembrar que essas alterações já terão validade nas eleições municipais de 2016. Saiba quais foram as principais alterações e fique atento aos novos prazos.
- O prazo mínimo de filiação para o candidato concorrer às eleições – que antes era de um ano – agora é de seis meses. Ou seja, para disputar o pleito de 2016 o futuro candidato deverá estar filiado no partido político pelo qual pretende concorrer até o dia 1º de abril de 2016; - Para disputar em 2016, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral no município que pretende concorrer há pelo menos um ano antes do pleito. Isso significa que a transferência do título eleitoral deverá ser efetuada até o dia 1º de outubro de 2015; - Para as eleições de 2016, não perde o mandato o vereador qu…

Dizer mais o quê?

Imagem
MP da Suíça encontra US$ 5 milhões em 

contas de Cunha

Quem país é esse?

Imagem
Cada dia mais sem saída, Cada dia mais acuada, Nossa presidenta, Não pensa, Não age, Não Faz nada.
Seu governo traiu toda nação, O povo se iludiu pensando ser ela a solução, Os petralhas afogaram a petrobras Em lamaçal de corrupção,
E na dita reforma do ministério, O que houve foi uma goleada também, O PMDB saiu fortalecido, Ganhando no leilão de vintém.
O que o povo quer saber, perante esta carestia, o que vai acontecer com o Brasil, que piora a cada dia?

Gestão Municipal Intervem e hospital é Reaberto.

Hospital reaberto.
População isabelense volta a contar com o atendimento de urgência e emergência do hospital Dr. Edílson Abreu. 

Intervenção Legal
Graças ao foco dado em resolver o problema a prefeitura dá uma aula de gestão pública. Procurou a base legal e realizou intervenção para defender o direito constitucional de nosso povo ao acesso a saude.

Não poderia ser diferente....
1. Nosso prefeito é médico. 40 anos atuando em nosso município. 2. Apoio dos vereadores comprometidos com o melhor para a população. 3. Competência administrativa.

...Mas se dependesse de uns e outros.
A oposição mais uma vez mostrou que não tem norte, nem sul...nem nada. Enquanto a gestão estudava meios para não deixar a população desassistida...a oposição só estava interessada em se promover, promovendo o caos e identificar culpados. Mostraram mais uma vez que não sabem o que estão fazendo....nem o que deveriam fazer.

O povo sabe com quem contar.
E viu que existe uma gestão comprometida, que não foge ás lutas do nosso …

Oposição: coisas que você precisa saber.

Imagem
Oposição: coisas que você precisa saber.
Governabilidade é o conjunto de condições necessárias ao exercício do poder. Governança é a competência do governo de praticar as decisões tomadas ou, em outras palavras, a capacidade de governo pela qual a autoridade é exercida, de modo a propiciar as condições financeiras e administrativas indispensáveis à execução dos arranjos que o governo adota.
Governança é transformar o ato governamental em ação pública, articulando as ações do governo. Sem condições de Governabilidade é impossível uma adequada Governança.
Dito isso, vamos à Governabilidade e neste caso temos a grande lacuna, a relação da oposição e situação. Para a situação tudo está no caminho certo, no caminho das soluções. Para a oposição tudo está errado, tudo é feito de forma irregular. A oposição é a pedra. A situação é a vidraça. 
O jogo é totalmente democrático, e muito válido por sinal, é como uma balança que contrapõe garantindo que a ação tomada por cada lado seja fiscalizada e …

Sobre protesto.

O protesto é uma manifestação legal, constitucional e socialmente aceitável.
É a expressão coletiva de alguma demanda que tenha esta amplitude coletiva.

Este é um momento intensamente democrático. O povo vivendo a expressão máxima de sua democracia, exercendo o direito a opinião e a manifestação.
Toda manifestação pacifica é legitima.
Claro que a ilegitimidade pode estar ou ser incluída no evento. Quando os microfones são usados de forma indiscriminado, por pessoas despreparadas ou mal intencionadas.
Por pessoas que não possuem o menor envolvimento com o tema, com a categoria ou a manifestação. Como aquele arroz de festa que aparece para fazer um selfie e dizer: “Eu fui lá, dei meu apoio” E depois usar isso para fazer à velha e desprezível politicagem.  Que também deveria ser alvo do protesto. Estes indivíduos que, sem conhecer o tema, pousam de defensores. E Por mais estranho que possa parecer... ele vai em um protesto contrário a legalização e depois vai a um pela legalização de…

A cidade somos nós.

Já escrevi aqui neste blog:
“Uma cidade é feita de um amontoado de casas e de sonhos. Uma cidade surge dos anseios de um povo que se une pela força das circunstancias, dos objetivos, dos sonhos de pioneiros ousados que desbravam todas as dificuldades, vencem os desafios e ousam sonhar.”
O entendimento é que a cidade não é algo abstrato, individual ou exterior a cada um de nós. A cidade somos nós. Em nossos caminhar, aos encontros e desencontros nestas ruas. Nos eventos do cotidiano. Nos momentos de festa ou de dor coletiva. Na lembrança de nossa infância, na criação de nossos filhos.
A cidade de antes, vista através da janela do seu Nestor, cantada nas rimas  e eternizadas nas imagens de nossos poetas sejam os que usam canetas, pincéis ou maquinas fotográficas. A cidade sendo nossa casa é nossa responsabilidade enquanto indivíduos. Não devemos transferir este compromisso e nos abstermos de fazer, de pensar, de zelar, de viver a cidade. Construção coletiva, amor coletivo, fazer coletivo.
Eu t…

Vereador chama mulheres de ENCUBADAS

Imagem
Solicitando que fosse construída uma praça de esportes em outra área da cidade um Edil Municipal justificou, dizendo que a ginástica é feita na praça do ginásio e afirmando que:

 "Muitas mulheres encubadas, também aproveitam e ficam lá pelo meio ...".

De que mulheres encubadas o Edil se referia?

Onde ele encontrou este termo?

Como chegou a esta conclusão?

Fiz uma pesquisa na internet e descobri algumas mulheres encubadas...




Ainda precisamos conviver com este tipo de avaliação e julgamento machista, sexista, vulgar sobre as mulheres?

Fiz esta abordagem irônica para mostrar ao vereador que o mesmo não tem noção de suas palavras ou é realmente extremamente machista.

Gostaria de ouvir a opinião das mulheres sobre esta frase do bisonho vereador.



Sobre alienação e esquerdismos...

Eu já tinha conversado com gente alienada, mas os esquerdistas conseguem superar todos eles, pois são pessoas sem um pensamento original, no verdadeiro esquerdista, a cabeça é um simples adorno do corpo.
Se “nos ouve dizer que serve para pensar, julga que estamos loucos”.
Como você vai debater com alguém que só pensa em forminhas?
Como você vai esclarecer alguém que pensa com a cabeça dos outros, convivem com a hipocrisia moral alheia, e ajustam o seu caráter às domesticidades convencionais?
Como você vai informar alguém que olham sempre para o passado, como se tivessem olhos na nuca?
O Esquerdista medíocre na verdade é uma sombra projetada pelas obras marxistas e comunistas, e é essencialmente recorrente não possui originalidade nem no pensar nem no agir, adaptado a viver em rebanho, refletindo as rotinas prejudiciais e os dogmas reconhecidamente úteis para sua domesticação.
Ele julga ser um excelente observador, mas é completamente inábil neste aspecto, pois enquanto se preocupa em…

Audiência Pública Cancelada: incompetência e descompromisso I

Um dos exemplos mais gritantes da incompetência oposicionista foi o cancelamento da audiência publica que ocorreria na câmara municipal para tratar da Segurança pública em nosso município.
Usando a desculpa da “ausência das confirmações antecipadas das entidades convidadas” a audiência pública foi  “Transferida para dia e hora” não informados. O interessante em toda esta patuscada é que no convite realizado pelo vereador responsável pela Audiência publica não consta a necessidade de confirmação de presença.
Alguém confirmou a ausência?
O povo que foi convidado não é importante para o evento nobre vereador?
Se as autoridades não confirmaram presença o povo não merece ser ouvido? Sugiro ao vereador que procure aprender com seus pares que já realizaram outras Audiências Públicas com sucesso.
Mas acima de tudo devemos perceber quem realmente faz valer o que diz. Falar, criticar, apontar o dedo é uma prática comum.
Agora na hora de produzir não há competência. Falta habilidade. Falta comprometi…

Sobre oposição e incompetência...

Ser oposição é muito cômodo para alguns. Usam desta prerrogativa para apontar o dedo, para realizar criticas mordazes, muitas vezes sem fundamento, fazer publicidade negativa da gestão municipal e, no caso da oposição izabelense, defender a gestão passada fechando os olhos para as mazelas que os mesmos deixaram.
Difícil ainda separar quem, verdadeiramente, dentro da oposição não está apenas querendo “pegar carona” para chegar ao poder e se locupletar com a política. Mas enfim, sabemos que um regime democrático, onde o que prevalece não é o direito de todos e sim o da maioria, faz-se necessário termos o grupo que representa os demais. A oposição é necessária.
Claro que é uma discussão muito simplória dizer que a oposição cabe somente fiscalizar, criticar, apontar o dedo. Os membros da oposição também são funcionários públicos e tem por obrigação de oficio a valorização do dinheiro publico sendo competentes, eficientes, produtivos.
Já ouvi vereadores da oposição dizerem em alto e bom som: “

Lula e sua cara de Pau...

Imagem
O poder cegou o grande líder petista.

Ele demonstra que não entendeu o recado que o povo brasileiro passou nas ruas e passa diariamente nas redes sociais.

O discurso fajuto da negação:

1. Nega que estão perdidos em relação a nossa economia.

2. Nega que o povo esta insatisfeito e acusa a classe média de ser a unica insatisfeita.

3. Nega que houve a corrupção...

4. Nega que a Dilma era presidente do Conselho da Petrobras.

5. Nega que os seus aliados "utilizam-se do publico para servir a si mesmo"



Ministro ...que cai.

Imagem
Traumann sorri e será que  Dilma chora?
A presidente Dilma Rousseff aceitou hoje (25.03) o pedido de demissão do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, que era o porta-voz da Presidência da República. Traumann, que estava de férias e retornou ontem a Brasília, se envolveu no episódio da divulgação de um documento sobre a montagem de redes sociais pagas para divulgar as ações de Dilma e também combater a Oposição ao Governo do PT. Elaborado pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, comandada por Thomas Traumann, o documento admite que o Governo tem adotado uma comunicação “errática” desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, afirmando que seus apoiadores estão levando uma “goleada” da oposição nas redes sociais. Apontou como saída para reverter o caos político e o quadro pós-manifestações o investimento maciço em publicidade oficial em São Paulo, cidade administrada pelo petista Fernando Haddad, onde se concentra, atualmente, a maio…

Bandeira Vermelha.

Imagem
A conta chegou e a pessoa tem que pagar, a família tem que assumir e dançar...conforme a música, tocada pela orquestra desafinada das minas e energia! Que fogueira queima a autoestima dos cidadãos!?
Quem assume os erros? Ninguém! 
Mas quem paga sabemos!

O PT e a Educação.

Imagem
O segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, cujo lema é “Pátria Educadora”, começa com um corte de quase R$ 600 milhões nos seus gastos discricionários (não obrigatórios) com Educação. A pasta teve o maior contingenciamento das chamadas despesas de custeio nos 39 ministérios do governo petista, conforme o decreto publicado Diário Oficial da União e assinado pela chefe do Executivo e pelo seu novo titular do Planejamento, Nelson Barbosa.
Educação é a pasta mais afetada pelo corte de verba determinado por Dilma. Por decreto presidencial, governo determina redução de $ 1,9 bilhão por mês nas despesas. Só na pasta que Dilma elegeu como prioritária, contenção mensal será de R$ 500 milhões

Ex-ministra de Dilma critica governo...ministério da Cultura e o proprio partido.

Imagem
“Ou o PT muda ou acaba”, diz Marta Suplicy em entrevista.















O PT já mudou há muito tempo, há 12 anos ele vem mudando a si mesmo. Mudou suas ideologias, suas propostas, seus discursos.

Agora o que querem mudar são os políticos – no caso de Marta – mudar de partido por não possui mais espaço para ela. Não se trata de espaço ideológico, não se trata de discordância com os rumos que o partido tomou. 
Ela quer ser candidata a prefeitura de São Paulo em 2016 e sabe que para isso precisa mudar ...de partido, pois o seu PT sofre grande rejeição em São Paulo.
Nisso dá pra ver que, se o partido mudou, reorganizou seus caciques – os caciques não mudaram a velha máxima: quem estar no poder deve fazer de tudo para manter-se no poder – mesmo mudando discurso, mudando de partido.
Não é mudança de fato.
A frase é equivocada. O PT...PT mesmo...já acabou faz tempo.

Terroristas: eles estão entre nós !!!

Imagem
Já foi dito pelo sábio que " a História da sociedade é a História das lutas de classes". E neste processo a luta pela liberdade, em todos os seus aspectos acompanhou a humanidade. Liberdade de comércio, de credo religioso, de posicionamento politico, em suma, liberdade ampla e irrestrita. Mesmo que como disse o outro sábio "liberdade é fazer o que as leis nos permitem", mas ainda sim é liberdade.
O ataque a sede de uma revista em Paris não causa apenas danos materiais e mortes de seres humanos é um ataque a liberdade de expressão, de imprensa.
Mas não nos enganemos, isso ocorre entre nós.
O PT vem tentando amordaçar a imprensa brasileira através da chamada "Lei de Regulação da imprensa", 
Comovidos pelo ocorrido em Paris nos esquecemos do que aconteceu com a Sede da Editora Abril que publica a revista semanal VEJA.
Coincidência ou não a sede da revista foi atacada depois de publicar que Dilma e Lula sabiam de tudo sobre o Petrolão:

Outros episódios lamentáveis: …

Por estes caminhos....81 anos de História.

Imagem
Por estes caminhos abertos com sangue índio,
pisaram pés de descalços, 
carregando o que eram,
e o que seriam.

Por estes caminhos encontraram-se retirantes,
viajantes, 
santos e profanos,
velhos e crianças,

Por estes caminhos ferro e floresta 
construíram esperança,
quando a maria de ferro,
juntou-se a outras marias,
gerando vida nestas sesmarias.


Por estes caminhos 
outros caminhos se abriram,
outras caminhos se encontraram.

Por estes caminhos,
pioneiros plantaram sonhos,
filhos,
desejos.


Por estes caminhos nasceu a solidariedade,
nos remédios da santa,
na ação de caridade,
no cuidado,
na fé que fez brotar uma cidade.


Por estes caminhos,
Caminha nosso povo,

Por estes caminhos
que acostumados a trilhar,
não nos afastamos
sem querer voltar.

Por estes caminhos,
hoje é dia de lembrar:
Nossa cidade é nossa gente,
que não para,
que não para de caminhar.

Homenagem aos 81 anos de SIP.
                                                                        Por Luiz Santtos.