quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Professor Luiz santos como você definiria o cenário politico brasileiro nessas eleições para presidente e governo do estado ?

Professor Luiz santos como você definiria o cenário politico brasileiro nessas eleições para presidente e governo do estado *? 

*Pergunta enviada por um aluno.
A campanha eleitoral para presidente começou com uma terceira opção apresentada aos eleitores. Diferente das campanhas anteriores, sempre direcionadas pelo candidato da situação (poder) e apenas um candidato da oposição com força para disputar, nestas eleições além da candidatura de Dilma e Aécio, temos o efeito Eduardo/Marina que juntava um grande governador (Pernambuco) e uma candidata da sustentabilidade que obteve 20 milhões de votos na ultima eleição presidencial. Este era o cenário inicial.

Com a fatídica queda do avião de Eduardo Campos que causou, além de sua morte, uma comoção nacional e acima de tudo causou uma super exposição da candidata a vice em sua chapa: MARINA SILVA. A candidata ganhou espaço gratuito e constante na mídia, fez pose pra foto sob o caixão do candidato morto, assumiu o discurso do finado e tornou-se um fenômeno de crescimento nas pesquisas.

Aécio Neves, pelo que demonstram as pesquisas, perdeu espaço e a campanha polarizou-se novamente, só que agora Dilma e Marina encabeçam a luta pelo poder, sendo que algumas pesquisas chegam a afirmar que Marina pode ganhar já no primeiro turno, e se caso não ocorra, sua vitória no segundo turno é certa. Não se podendo dar 100% de credibilidade as pesquisas devido a sua margem de erro e outros fatores, mas pelo menos é isso que temos.

Um outro fator que surge e que pode mudar o rumo das eleições é o novo escândalo na Petrobras, batizado de “Propinoduto” envolvendo Ministros, governadores,Senadores, Deputados e Assessores do governo ou de sua base aliada e a denúncia também atinge o ex-candidato a presidente e agora finado Eduardo Campos, acusado de receber propina dos contratos da Petrobras o que respinga petróleo no discurso sustentável de Marina Silva.

A presidente Dilma fala de combate a corrupção em seu programa eleitoral mas não entra em detalhes, talvez para não expor ainda mais seus aliados.

Aécio Neves aproveita-se deste momento para afirmar seu discurso oposicionista.

Marina Silva nega as acusações, talvez lembrando do que aprendeu quando era petista: negar, negar, negar sempre, até convencer a si próprio que o errado virou certo.

Vamos ficar de olho nas cenas dos próximos capítulos..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...