terça-feira, 11 de outubro de 2011

Luiz Sefer ameaça: "Vou processar todos"

Luiz Sefer alegou ser vítima de calúnias durante coletiva concedida à imprensa, em sua casa, na tarde de hoje (10). O ex-deputado afirmou, ainda, que todos se aproveitaram da grande repercussão midiática de seu caso para se eleger nas próximas eleições. "Vou processar todos", afirmou, referindo-se à senadora Marinor Brito (PSOL), a delegada Cristiane Lobato e, especialmente, ao deputado Arnaldo Jordy (PPS).
Para Marco Apolo, representante da SDDH (Sociedade da Defesa dos Direitos Humanos), a absolvição de Sefer incentiva a impunidade. "Essa coletiva é para expressar nossa indignação com a decisão dos desembargadores. Nossa preocupação é que esse caso possa incetivar a impunidade e a prática de novos crimes desse tipo, já que ele não foi condenado", comentou.
Ainda de acordo com Apolo, as entidades farão uma campanha nacional pedindo a condenação do ex-deputado. "Os rumos dessa campanha ainda serão definidos em próximas reuniões", contou.
 "O procurador geral do MPE garantiu que vai promover o recurso e nós estaremos pedindo acompanhamento através de um promotor de justiça federal. Espero sinceramente que o STJ reforme essa decisão tomada pela câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Pará que agride todo esforço que vem sendo feito na sociedade no sentido de combater esse crime hediondo contra a criança e o adolescente", explicou o deputado Arnaldo Jordy.
Durante a coletiva, Jordy também fez uma revelação que pode tumultuar o caso. "Corre em segredo de Justiça outro processo contra Sefer na Paraíba pela mesma acusação e isso é de conhecimento do TJE", disse.
Jordy também falou sobre a defesa feita pelo ministro Márcio Thomaz Bastos. "Estaria em R$ 6 milhões o valor cobrado pelo mercenário Márcio Thomaz Bastos para fazer a defesa, que antes era protagonista da prática da Justiça no Brasil e vem aqui se permitir defender um caso que chamou atenção pela prática da pedofilia".
A reunião foi realizada na sede da CNBB. (Diario On Line)

Opinião deste blog:
Como estudante do direito defendo a lei, o código penal e de processo penal. Cedo aprendi que descisão judicial se cumpre ou se constesta.
O que vejo, independente da questão principal, é que alguns políticos estão aproveitando o tema "Pedofília" para auto-promoção política.
Isso para mim é tão vergonhoso e condenável como a própria pedofilia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário