Estrela vermelha sim, mas de vergonha.


Segundo exposto na blogosfera izabelense o partido dos trabalhadores está conjecturando que não possui condições de lançar uma candidatura própria ao palácio Noé de Carvalho sem sair menor das eleições.
Creio que menor o PT sempre foi em Santa Izabel.  Em trinta anos de existência conseguiu um assessor de Deputado mensaleiro,  um que mudou-se para Brasília.  Claro que também elegeu um vereador e um vice-prefeito, que não conseguiram atuar nem como situação, muIto menos como oposição.Não se percebe a atuação do partido em movimentos de trabalhadores, de estudantes, de associações de bairros. Os políticos do PT que possuem cargos em Santa Izabel do Pará nunca se posicionaram em coesão com as origens históricas do partido.
Outro ponto que muito enfraquece o partido é o isolamento de lideranças históricas do PT em nosso município com a alta cúpula. Ana Julia governadora do PT não projetou ninguém do PT municipal a nível estadual.  Isso enfraquece. Alguns empregos de agentes prisionais foi o máximo conseguido.
A velha retórica de defensor da moralidade, da honestidade, da ética política que sempre foi defendida pelo partido dos trabalhadores como seu diferencial competitivo foi posto em cheques e dólares em cuecas e malas.
A estrela vermelha não é mais a mesma.
Como diria Juca chaves:
E assim amarelou a luz vermelha
No fim do túnel, que o partido sonha
E a estrela do PT que na moral se espelha
Ficou vermelha, sim, mas de vergonha.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A diferença entre um Estadista e um politico qualquer..

100 dias, 100 Nada.

Viver para a política ou viver da política - Max Weber sempre atual.