sábado, 1 de setembro de 2012

O dia em que Bruno Chamou Jader de Cobra..

FIM DE JADER?

É o fim de Jader? Um político consegue se manter influente sem poder? Sem mandato o que será de Jader? Talvez esteja aberta a porta para surgir uma nova liderança no PMDB, e não creio que necessariamente deva ser o filho dele.
Jader não goza do apreço de Dilma, terá pouca influência no governo federal, na cúpula palaciana, ele não apoiou o PT no Pará, ignorou Dilma e Lula nas duas últimas vezes em que estiveram no Pará na campanha, estava de salto alto com a certeza da vitória para o senado, porque lá ele seria útil ao governo federal, sem mandato não vale nada para Dilma. Se Jatene o isolar também, pode pôr fim a uma era. Ao meu ver, Jader depende muito do Jatene para continuar a ter poder no PMDB. Vamos aguardar, a cobra está ferida, mas não está morta, e cobra mesmo morta causa medo.
 
 
OPINIÃO: Terá credibilidade alguém que uma hora chama o político de cobra e outra hora veste a camisa, defende a legenda? não sei não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...