Juventude ...classe média.

A classe média sempre foi a classe mais revolucionária de nossa sociedade ao longo de vários momentos históricos decisivos.
A classe média sempre foi mais instruída, sempre teve mais acesso a cultura da mudança e sempre foi a classe mais ambiciosa - justamente por está no meio - ela sempre lutava para não cair em desgraça - empobrecer - e ao mesmo tempo lutando para ascender mais e mais na pirâmide social.
Paratanto sempre que foi preciso esta mesma classe média usou como base para suas ambiçoes os anseios das classes menos favorecidas e com menos voz.
A classe média já armou o povo de ideologia e munições; Também municiou o povo de um grande poder de transformação: O VOTO.
Por tudo isso poderíamos crer que a classe média é a libertadora, transformadora, revolucionária em si e por si.
Claro que todas estas conquistas foram controladas, limitadas, parametrizadas para atender primeiro os anseios da classe média.
Hoje tem gente afirmando que ela nao existe mais, eu discordo.
A classe média esta cada vez mais presente, nossos filhos agora levantam bandeiras de todas as cores, defendem interesses diversos - claro que dentro de suas ótica classista - para isso fazem passeios ciclistíscos, caminhadas, criam imagens para as redes sociais (lugar mais comôdo para se manifestar sem correr riscos de suar a camisa de marca ou sujar o tenis da moda).

Como movimento histórico isso é válido. A minha única preocupação é com o discurso totalitário e marketeiro de que este é um movimento da JUVENTUDE.
Quando os filhos da classe média usam deste título estão uma vez mais usurpando algo que pertence a todos.

Os jovens da periferia, sem emprego, sem pai rico, sem oportunidades, esculhachados pela polícia, tratados como cidadãos de segunda classe também não seriam parte desta "juventude"? 

Os jovens da zona rural, que vivem a margem das descisões municipais, que precisam viajar quilometros para estudar, que não possuem incentivos a profissionalização, que lazer são suas próprias invenções, ou que para ter acesso a saúde de qualidade devem abandonar seus lares e padecer com as péssimas condições de atenção a saúde na cidade;

Seus interesses são distintos. Suas vidas antagônicas. Esses jovens habitam mundos diferentes que pouco se cruzam.

Então o título para esse movimento deveria ser :
" JUVENTUDE...CLASSE MÉDIA"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A diferença entre um Estadista e um politico qualquer..

100 dias, 100 Nada.

PUXA SACO: FIGURA DO SUBMUNDO POLITICO.