segunda-feira, 25 de junho de 2012

Como morre um candidato.


A mesma jogada das velhas raposas para se manterem soberanas  aconteceu novamente. Deram corda para um candidato a candidato. Fizeram ele se mostrar como uma possibilidade. Engordaram-no. Fizeram com que ele fosse visto como uma possibilidade, como uma opção de voto e até como um líder para aglutinar pessoas. Não sei se em algum momento ele acreditou mesmo que poderia ser prefeito. A única certeza é que ele serviu como bucha de canhão. Serviu para conseguir aproximar pessoas ao outro. Pois diretamente alguns não apoiariam o representante das velhas raposas daí sua importância em intermediar os incautos. Claro que isso não é regra geral, teve gente com vergonha na cara e inteligência que percebeu o jogo, não abriu mão de suas convicções oposicionistas e não vai apoiar o jogo das velhas raposas.
Agora, o que me causa mais estranheza, é que o cara acreditou que poderia ser o vice do homem. Ele acreditou!!!
Porém na hora H o telefone tocou e a bucha de canhão assumiu seu papel de terceiro reserva. Foi sacado de sua pretensão de ser vice. Lançado pra escanteio, ou melhor, tornou-se gandula do jogo. Vai apenas repor a bola, apoiar, torcer.
E então as velhas raposas conseguiram mais uma vitória em sua guerra constante pelo poder. Mataram alguém que ensaiou ser uma liderança, descapitalizaram suas possibilidades, reduziram-lhe a subordinação, tornaram-no um capacho.
Faltou-lhe ousadia, coragem, respeito aos seus liderados.
Enquanto isso para as velhas raposas sobrou-lhes mais uma vez a esperteza dos dominadores.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado Helani. Obrigado pela participação.

      Excluir
  2. Na verdade não vejo da mesma forma sei que existiram outros fatores, outras condutas, que tal vez você não saiba, mas não deixa de ser um belo texto

    ResponderExcluir
  3. Caro Valter,
    Concordo com voce. Existem muitos outros fatores. Fatores estes que nao poderei expor aqui, mas que estao nas entrelinhas.
    Agradeço pela participação no blog. Sucesso sempre, irmao.

    ResponderExcluir

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...