terça-feira, 23 de abril de 2013

João Holanda, um pioneiro izabelense.


Uma cidade é feita de um amontoado de casas e de sonhos. Uma cidade surge dos anseios de um povo que se une pela forças das circunstancias, dos objetivos, dos sonhos de pioneiros ousados que desbravam todas as dificuldades, vencem os desafios e ousam sonhar.

Os pioneiros são os primeiros sonhadores, gente que sonha grande, gente que de um varadouro ver um futuro; Gente que da simplicidade de seus ideais firma solidamente os alicerces do futuro.

Os pioneiros merecem e serão lembrados não somente por seus feitos, mas pela grandeza dos seus sonhos, plantados em um passado que nos parece distante, mas que está mais perto e presente do que podemos imaginar.

Nossa cidade perdeu um pioneiro, foi sepultado no solo que desbravou, mais já havia plantado suas sementes que muito contribuem para o desenvolvimento da cidade que ele ajudou a desbravar.

Seu João Holanda, que dá nome a uma rua no meu bairro, e que é pai do meu amigo Dr. Ricardo Holanda, vice-prefeito municipal, cumpriu sua tarefa de desbravador: plantar sonhos e germinar sementes.



Um comentário:

  1. Linda mensagem , você tem o dom da palavra , muito obrigada pela consideração ! Agradeço em nome da minha família que ficou muito feliz com a homenagem .

    ResponderExcluir