sábado, 24 de novembro de 2012

O homem que tece a rede.

A idéia que impera no mundo globalizado é de que estamos todos ligados numa rede internacional que forma a chamada aldeia global.

Os homens não estão mais isolados. A comunicação é em tempo real.

A rede está em toda parte. O mundo virtual nos enreda nesta rede que ninguém sabe quem teceu.

Mas enquanto o mundo fala em internet, globalização, rede mundial de computadores, comércio e relacionamento, sem querer eu encontrei um homem que tece uma rede completamente indiferente a esse mundo sem fronteiras que tanto se fala.

Ele apenas senta na sombra de uma arvore, que fica na calçada da sua casa e tece sua rede. Rede de pesca. Rede que enlaça, que alimenta, que sustenta.

Numa cidade conhecida mundialmente por seu minério elemento chave para alimentar os fornos que aquecem o mundo, conhecida também por ser a capital nacional dos hackeres, este homem aparentemente não esta nem ai para chips, computadores e complementares.

Ele apenas tece a sua rede. Talvez por distração, por terapia ocupacional. Não importa ele apenas tece sua rede. Parece uma afronta a nosso mundo global. Ele é indiferente a nossa sede de orkut, facebook, twitter, msn e mercado livre. Ele está ali, tecendo sua rede. Vendo as pessoas passarem como formigas em busca de folhas.

Não o vejo como um alienado, prefiro vê-lo como um sábio. Um Diogenes atual que não liga para os Alexandres que passam. A sabedoria dos que já viram muita coisa, que já viveram experiências sólidas. Que talvez já tenha percebido que o mundo vive nesse eterno retorno, sem um fim definido.

E o que hoje é ultrapassado já foi novidade um dia, o mesmo que acontecera no futuro com as novidades de hoje. E se tiver tempo, talvez o homem que tece a rede, possa dizer ainda tecendo sua rede “Eu já vi esse filme antes”.

Nota: Este texto foi escrito originalmente no ano de 2006 quando eu morava na cidade de Parauapebas. O homem que tecia a rede era meu vizinho.

Um comentário:

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...