quarta-feira, 15 de maio de 2013

TRAMAI E TREMEI


Acredito em um novo tempo, numa forma de governo, em um modelo de gestão que privilegie a ética, a eficiência e a atenção ao povo, principalmente aos mais humildes, o que mais precisão do bom senso e da atenção dos governantes.

Acredito que é chegada a hora de nos livrarmos desta herança maldita que recebemos, e mostrarmos que é apenas uma herança de incompetentes, que ela não esta em nosso DNA, que não é uma herança genética, portanto não vai se perpetuar.

Somos filhos de um povo guerreiro que fundou esta cidade do nada e que construiu entre rios e florestas o que hoje é nosso lar.

E alicerçados nesta herança histórica - que muito nos orgulha - devemos unir nossas forças e mostrar o genuíno sangue izabelense, sangue de desbravadores, de construtores, de sonhadores sim, mas com respeito a civilidade e capaz de planejar, articular, construir com eficiência os nossos sonhos neste chão.

Muitos há que torcem pelo fracasso, muitos que desejavam o continuísmo da inoperância, da falta de respeito, da hipocrisia, da corrupção.

Eles continuam por ai, tramando tenebrosamente e tremendo de medo que tenhamos sucesso. Tramai se é isso que sabeis fazer de melhor, porém, tremei, pois estamos fazendo de nossa luta diária o  possível e o impossível para que seus anseios nocivos não se concretize e a vontade de nossa gente prevaleça.

Você pode até dizer que sou louco, cego, partidário, mas não deixo de acreditar, não deixo de apostar, não deixo de trabalhar por um novo tempo que esta sendo semeado, onde o povo semeia e colherá os frutos de uma nova cidade, de um novo tempo, de um novo modelo.

É um direito seu torcer contra, de não se juntar, de ficar de fora, mas que chance excelente você perde de aprender, de fazer historia, de construir.

O novo sempre vem, quer você goste, queira ou apoie. E nós somos o novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário