Sobre mudanças e continuidades


As mudanças fazem parte da vida
Decidir sair de casa, decidir por uma nova carreira profissional, mudar o estado civil, mudar de emprego, de casa, de vida. Mudar de cidade. Mudar a cidade.
Existem as mudanças desejadas e também as imprevistas. Existem mudanças urgentes e as que podem esperar. Existem mudanças que são iniciadas e outras que são adiadas.
Independentes do jeito que for as novas situações nos levam a buscar diferentes formas de adaptação e nos dá a oportunidade de ampliar nossas experiências e amadurecer. Como indivíduos, como cidadãos.
É preciso ter coragem para mudar, para provocar as mudanças. Pois às vezes a necessidade de realizar a mudança é percebida, mas falta coragem para as transformações que se fazem necessárias.
Na gestão pública é muito comum isto ocorrer. O gestor sabe de sua obrigação, sabe que precisa fazer, mas por falta de coragem (competência) comprometimento com o povo, não é capaz de vencer o primeiro desafio de mover-se, de mover, de gerar o movimento da mudança.
Vontade, coragem e estratégia.

O anseio de mudar é importante, pois serve como motivador e encorajador para realizar as ações necessárias. Para isso, é fundamental ter um bom planejamento. Refletir, ponderar, criar estratégias e prazos é essencial para alcançar aquilo que se quer.
Alguns aspectos nesse processo merecem uma atenção especial. Abaixo estão alguns deles:
- Toda mudança leva a algum tipo de perda. É preciso colocar isso em perspectiva. Para termos uma nova cidade, uma cidade para todos, por exemplo, é preciso que alguns poucos possam abrir mão de suas regalias, de suas apropriações do que é público, desde o passeio publico, as ruas, praças e demais.
- Por mais que haja planejamento e estratégias de ação, por mais que haja vontade, existe um elemento essencial para fazer a passagem da situação antiga para a nova: Coragem! Essa capacidade de enfrentamento dos desafios é essencial para abrir o caminho e chegar onde é preciso. A coragem junto à fé, de que a mudança é o melhor caminho a seguir, é o que sustenta a travessia.
O gestor que abre mão da situação segura da ociosidade para que possa enfrentar os desafios da reconstrução e do reordenamento da cidade vai ser alvo de criticas de alguns, mas será também alvo dos aplausos da imensa maioria. 

A situação nova está se formando em nossa cidade, não é possível colher frutos de imediato, mas com tempo, energia e coragem a mudança será sentida por todos.
 - Mudar para melhor – o que se esta construindo é uma cidade melhor para todos. Ordenando os espaços comuns a população; normatizando a mobilidade urbana, garantindo segurança, tranquilidade e beleza. 

Nossa cidade esta mudando e com ela nossa população estará se transformando em cidadãos melhores, que atuarão junto com o poder público. 
Já vi isso acontecer em outros locais em uma vez que as coisas são feitas com integração com a comunidade, através de reuniões, de comunicação franca e aberta a população tende a entender e visualizar o que a mudança trará.

CONTINUIDADES...
É Claro que sendo a cidade um espaço de construção e desconstrução de ideias tem gente que não esta satisfeito com as mudanças, estão descontentes desde de outubro de 2012, eles sabem que a mudança é necessária, mas como não tiveram os três C´s (Coragem, Competência, Comprometimento) para fazer a mudança eles estão tentando distorcer, criticar, falar que está errado. Como disse o poeta: Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento.

Reformularemos nossa cidade. Juntos. A cidade muda, os hábitos mudam, mudam os cidadãos. Pois estamos trabalhando para construir um novo espaço, para novos cidadãos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A diferença entre um Estadista e um politico qualquer..

100 dias, 100 Nada.

PUXA SACO: FIGURA DO SUBMUNDO POLITICO.