Campainha na Câmara.


CAMPAINHA...

A campainha ainda não toca na câmara municipal para determinar tempo de fala para os vereadores. O excesso dos vereadores em suas falas esta tornando muito longa as sessões, esvaziando as câmaras no final da noite de terça-feira.

....IMPORTANTE.
Que o tempo seja usado de forma instrutiva e não somente para exposições prolongadas como é feito por alguns...

GRACEJOS
Certo vereador que usa muito este tempo pra fazer gracejos me remonta a um aforismo  do grande Baltazar Gracian que aconselha:

Não brincar o tempo todo.
A prudência é reconhecida pela seriedade e granjeia mais respeito do que talento. 
Quem vive brincando não é um homem que mereça confiança. 
São comparados aos mentirosos e nunca lhes dão crédito. 
De um tememos a trapaça, do outro, a zombaria. 
Nunca se sabe quando estão exercitando o juízo, o que equivale a não tê-lo. 
Não existe humor pior do que o continuo.
Alguns ganham fama de espirituoso e perdem a de sensato. 
Há momentos para o riso, mas o resto do tempo pertence à seriedade.

FALANDO EM BARULHO...
Muito louvável o projeto do vereador que propoe uma regulamentação dos carros sons em nosso municipio.  É fato "sonoro' a poluição produzida sem o menor controle por estes carros de sons. Claro que esta proposta teve que sofrer um recuo estratégico graças a ação contrária de vereadores preocupados com outros sons.

TABLET...
Para quem percebeu ...certo legislador mostrou-se empolgado com o uso do recurso tecnológico que foi alvo de sua atenção durante toda a sessão.

PLEONASMO...
E por falar em ruído...os nobres edis devem sempre lembrar que as sessões da câmara são gravadas....e suas falas ficaram registrada para a posteridade.

DIGNO DE NOTA
A visita dos vereadores na Escola Magalhães Barata e João Miguel no distrito de Americano não registrou nenhuma anormalidade....ponto para o vereador que representa O distrito de Americano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A diferença entre um Estadista e um politico qualquer..

PUXA SACO: FIGURA DO SUBMUNDO POLITICO.

100 dias, 100 Nada.