Deputado renuncia e Cilene Couto é eleita presidente de CPI do Detran II

A deputada Cilene Couto (PSDB) foi eleita presidente da CPI do Detran-Pa sobre contratos de publicidade, por unanimidade dos votos, nesta quarta-feira (05.05) à tarde, após a renúncia formal do deputado Zé Maria (PT), eleito na reunião de instalação ocorrida no último dia 28/05. O deputado declinou de presidir a Comissão devido o período a ser investigado, de 2008 a 2010, terem sido administrados pelos ex-diretores do Detran, Lívio Assis e Alberto Campos, na gestão da então governadora Ana Júlia Carepa (PT), do seu partido.

“É necessário que a vaga de presidente desta Comissão seja ocupada por um parlamentar que não tenha tido nenhuma relação com o governo a ser investigado”, disse. Ele avaliou que, em CPI não pode ocorrer nenhuma interferência política ou vício de origem, que pudesse colocar em dúvida trabalho de investigação que ela foi designada.

A deputada Cilene, em seu discurso se comprometeu em apurar de forma rigorosa todas as denúncias da ocorrência de irregularidades no fato determinado no requerimento aprovado. “O fato determinado a ser investigado é sobre a existência de irregularidades nos contratos de publicidade e propaganda nas administrações dos ex-diretores do Detran, Lívio Assis e Alberto Campos na gestão da então governadora Ana Júlia Carepa (PT), no período compreendido entre 2008 e 2010 e assim será feito”, disse. Em apenas um contrato de publicidade, firmado com a empresa Castilho Propaganda e Marketing Ltda, as verbas que eram de R$ 1,5 milhão, saltaram através de aditivos para R$ 23 milhões.

O primeiro requerimento aprovado, por formulação da presidente da CPI, é dirigido ao diretor do DETRAN, Walter Pena, pedindo o envio de cópia de todos os documentos, contratos, termos aditivos, empenhos e notas fiscais envolvendo o órgão de trânsito e a empresa de publicidade Castilho Propaganda e Marketing Ltda. Outra decisão foi o de marcar as reuniões ordinárias da Comissão nas quartas-feiras, à tarde, após a reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária. A presidente da Comissão pediu ainda aos membros que lhe enviassem indicação de servidores para constituir o corpo técnico da CPI.

Está CPI está sendo chamada de CPI do Detran II, por ter sido instalada depois da que está apurando uso irregular de recursos do órgão em times de futebol. Estavam presentes na reunião os deputados Zé Maria (PT), Cilene Couto (PSDB), Luzineide Farias, e Nélio Aguiar (PMN), primeiro subscritor do pedido de instalação da CPI e a deputada Ana Cunha (PSDB), suplente. A deputada Josefina Carmo (PMDB) e a outra componente titular da CPI, que é constituída por cinco membros.
fonte: Imprensa ALEPA

OPINIÃO: Os acusadores agora se calam? Renunciam? Temem a verdade? Por que o deputado renunciou? Teme cortar na própria carne?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A diferença entre um Estadista e um politico qualquer..

100 dias, 100 Nada.

Viver para a política ou viver da política - Max Weber sempre atual.