domingo, 20 de maio de 2012

Coligação?


Nosso cenário politico esta cada vez mais complicado.
De um lado a situação:  adquirindo a um alto preço politico seus aliados; Juntando as mais variadas personalidades em suas reunioes. Juntando novos políticos com antigos coronéis. Uma união frágil neste período eleitoreiro que se mostra forte - pelo menos até as convenções municipais (que concretizara as aliançãs) tornando as candidaturas viáveis, ou até o dia 02/01  e caso essa união tão diversificada em histórias, formações e interesses sobreviva ao mês de Junho, a pergunta que faço é: essa uniao sobreviverá a eleição? Existe a competência política para administrar estes conflitos de interesses e tornar a cidade governável?
Do outro lado temos a oposição: que nao é capaz de elaborar um projeto claro a ser discutido neste período pré-eleitoral ( pelo menos discuti-lo em suas bases).
A oposicao izabelense esta agindo de forma oportunista e elitizada. Por sua incompetência em elaborar um projeto claro de oposição a este governo que quer fazer seu sucessor os grupos de oposição agora esta tentando fazer um grande grupo unindo as mais diversas histórias politicas para derrubar o governo da oposição.
Não gosto e não aprovo este tipo de uniao apenas eleitoreira. Ela é cheia de riscos, cheia de erros e de intenções duvidosas.
É correto formar um grupo de oposicao sem um projeto claro para cidade?
Esta uniao tão diversificada será capaz de unir-se ideologicamente em um palanque e passar uma mensagem coesa?
Toda esta diversidade conseguirá tornar a cidade governável?

Dúvidas neste balaio de gatos que é a politica izabelense. E para poucos gatos, diga-se de passagem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

100 dias, 100 Nada.

O prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Watanabe (DEM), completou recentemente cem dias à frente da administração municipal.  ...