Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

2014 esta chegando....

Imagem
Não é que o meu calendário tenha ficado maluco ( por falar nisso vocês sabem onde foram parar os calendários de parede?).
É que, uma vez concluído o processo eleitoral que escolheu prefeitos e vereadores agora é hora das articulações voltarem com mais força, digo voltarem pois sabemos que muitos dos eleitos estão comprometidos com candidatos a deputados, senadores e ao governo.

Por aqui se fala que a Chapa derrotada nas eleições municipais, para quem não lembro, Evandro Watanabe e Carlinho Cancela, virão como candidatos a Deputados estaduais. Se antes eles dividiram o mesmo palanque agora serão concorrentes também entre si.
Serão candidaturas interessantes:
a) Um ex-vice prefeito, ex-candidato derrotado a deputado (sem ter os votos computados) que mais uma vez tentará a Legislatura Estadual.
b) E um candidato a prefeito que teve a maior rejeição da história politica de Santa Izabel do Pará, que agora está em outro partido, uma vez que entre os tubarões do partido no qual concorreu a prefei…

Redução de salários dos Vereadores...

Imagem
O vereador Cleber Rabelo (PSTU) (Belém - Pará) propôs a redução do salário dos vereadores e a extinção do ticket alimentação destinado aos gabinetes dos vereadores, atualmente na ordem de 14 mil reais, segundo o vereador. Na proposta do parlamentar, discutida no sábado(23), no plenário da Câmara, Cleber estabelece 8 (oito) salários mínimos como base salarial aos vereadores e, aumento de acordo com o reajuste salarial de um operário especializado.

OPINIÃO:
A proposta, se fosse séria, seria louvável. Porém sabemos que os vereadores não vão reduzir seus próprios salários e sei também que o próprio vereador que fez a proposta não acredita que será levada a sério.
Perde a câmara que poderia dar um belo exemplo de desprendimento (risos).
Perde o povo que terá que bancar os vereadores e suas regalias.
Ganha o vereador que propôs pois o marketing é grátis e será usado como capital político nos próximos palanques.

Valha-nos quem.

PT: 10 anos, 13 erros.

Imagem
Senhoras e senhores, eu aproveito esta oportunidade, oportunidade extremamente emblemática, já que o Partido dos Trabalhadores festeja os seus 33 anos de existência e uma década de exercício de poder à frente da Presidência, e ocupo esta tribuna para emprestar-lhes hoje alguma colaboração crítica. Confesso que o faço, Srª Presidente, neste momento, completamente à vontade, haja vista uma cartilha largamente distribuída hoje, especialmente produzida pela legenda para celebrar a ocasião festiva. Nela, de forma incorreta, o PT trata como iguais as conjunturas e realidades absolutamente diferentes que marcaram os governos do PSDB e do PT. Ao escolher comemorar o seu aniversário falando do PSDB, o PT transformou o nosso partido no convidado de honra da sua festa. Eu aceito o convite, Srªs e Srs. Senadores, senhoras e senhores que nos ouvem, até porque temos muito o que dizer aos nossos anfitriões. Apesar da cantilena salvacionista onipresente na pretensa saga de partido redentor do Brasil mod…

Sobre Incoerências....e burrice.

"Raça de víboras e hipócritas! Como podem pedir que uma nação recolha suas pedras, enquanto permanecem armados até os dentes?!" Augusto Branco

Acusam-nos de sermos incoerentes, pois antes criticávamos a gestão e hoje fazemos parte dela. Gostaria de esclarecer a estes analistas, de forma bem didática, que:  a) A gestão mudou. 
b) Criticávamos o governo passado não somente porque eramos oposição. Nossa critica era sobre sua incompetência e não sobre sua posição de governo, nosso alvo era sua postura como governo que não atendia os anseios populares.
c) Apoiamos o projeto do Dr. Gilberto e Dr. Cadinho, participamos de suas discussões, acreditamos e apoiamos suas idéias e projetos antes, durante e depois da campanha, e tendo a oportunidade de fazer parte da execução fomos incluídos no governo para podermos contribuir com nossa cidade.
Como parte integrante e atuante do governo sabemos das mazelas que foram encontradas, sabemos das dificuldades de ação, sabemos do tamanho do desafio e…

O tanque

Imagem
O Vosso tanque General, é um carro forte

Derruba uma floresta esmaga cem
Homens,
Mas tem um defeito
- Precisa de um motorista

O vosso bombardeiro, general
É poderoso:
Voa mais depressa que a tempestade
E transporta mais carga que um elefante
Mas tem um defeito
- Precisa de um piloto.

O homem, meu general, é muito útil:
Sabe voar, e sabe matar
Mas tem um defeito
- Sabe pensar

Pedestre responsável e cidadão.

Imagem
Utilizar a faixa, sinalizar ao atravessar e não se arriscar em locais perigosos são algumas das atitudes importantes para evitar atropelamentos e ser um pedestre responsável. Fique por dentro dessas e outras dicas:  - O grande perigo é não ver o carro, a motocicleta ou a bicicleta. Os motoristas também podem não visualizar você. Por isso, a regra mais importante é ver e ser visto; - Procure fazer contato visual com o motorista, assim você terá certeza de que foi visualizado e cruzará com maior segurança. A mesma postura vale para o motorista; - Atravessar a rua após ter consumido bebida alcoólica em excesso desvia a atenção do pedestre. Por isso, só cruze na faixa de segurança; - Utilize a faixa de pedestre. Mesmo que você tenha que caminhar alguns passos, vale à pena. Faça o mesmo quando existirem passarelas ou locais exclusivos destinados à travessia; - Sinalize seus movimentos. Estenda o braço se pretender cruzar em uma faixa sem sinalização luminosa e só atravesse quando, realmente, to…

Entenda as mudanças na Lei Seca.

Imagem
Foram aprovadas alterações na Lei 11.705, conhecida como Lei Seca. A tolerância para a combinação bebida alcoólica e volante passa a ser zero e as possibilidades de prova de etilismo dos motoristas também foi ampliada. Com o novo texto, não é exigido evidenciar a quantidade de bebida alcoólica consumida pelo motorista, mas uma capacidade psicomotora alterada em razão da influência da mesma. Além do bafômetro – que pode ser ignorado com base no dispositivo constitucional que dispensa qualquer cidadão de produzir provas contra si – haverá outros meios para comprovar tais alterações, como exame clínico, perícia, vídeo ou testemunhas. O condutor que se recusar a fazer o teste também poderá ser enquadrado criminalmente. Além de ampliar as provas, o projeto dobra o valor da multa que passará de R$ 957,69 para R$ 1.915,40 para quem for flagrado dirigindo sobre efeito de bebida alcoólica ou outras substâncias (remédios, por exemplo) e inclui as sanções administrativas. Será cobrado o dobro diss…